Na Correria


A turnê em Porto Alegre

A chegada em Porto Alegre foi regada a muitas expectativas, talvez motivada pelo André Cozta (gaúcho e produtor da banda) e também por causa da mídia pesada que conseguimos, além de uma agenda alucinante.

 

A partir de Porto Alegre ganhamos mais um parceiro nacional, a SECAD – Secretaria de Ensino Continuado, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação. Fizemos uma reunião fantástica para educadores, professores e diretores de diversas escolas do Rio Grande do Sul. O projeto chama-se Escola Aberta. Iniciamos essa nova parceria com a maior pressão. O Ricardo Henriques foi o grande articulador dessa parceria.

 

Na sessão do “Favela Rising” no Centro Cultural Santander rolou superlotação, gerando um grande desconforto para dezenas de pessoas que não puderam entrar. Havia uma certa badalação também por causa do debate, no qual, além de mim e do Anderson, estava a Marina Magessi, o Ricardo Henriques e o Major Ney. A mediação foi do Secretário Municipal da Juventude de Porto Alegre, Mauro Zacker.

 

Por falar no Mauro, a participação dele durante a nossa estada teve um grande peso. Uma das oficinas que desenvolvemos em parceria foi dentro da FASE (Fundação de Ações Sócio Educativas). Nesse educandário para jovens infratores foi realizada uma das oficinas mais marcantes, pois esses jovens teriam direito de abrir um dos nossos shows na Casa do Gaúcho e também poderiam ir ao Opinião (casa de show). A vontade era enorme, pois tratava-se de uma rara oportunidade de sair da reclusão, assistir a um espetáculo e interagir artisticamente mostrando o resultado da oficina de percussão. Foi emocionante. Altair e Dinho, mais uma vez, fizeram um ótimo trabalho.

 

Johayne, eu, Ando, Mariana, Júlia e Jairo, da banda AfroReggae, com participantes do projeto

Canta Brasil, em Canoas (Arquivo Pessoal)

 

O impacto das oficinas foi geral. Todos os instrutores estão de parabéns! Gilvan Freitas (circo), Carla Martins (teatro), Marcos e Alexandre Paçoca (street ball) e Chico (grafite). O bom dessa equipe é que o povo tem hora para chegar nas atividades e não tem para sair. Além da agenda lotada, os instrutores inventavam mais coisas. O frio estava parecido com o que passamos em Londres no início desse ano.

 

Os agasalhos e luvas que usamos eram os mesmos. A diferença é que na Europa rola calefação; já no hotel em que nós ficamos... Passamos pelo segundo jogo da final da Libertadores, estando na cidade. O show no Opinião não rolou como gostaríamos. Pegamos uma ressaca de dois jogos, frio, chuva e eu, com febre. Partimos pra dentro.

 

No balanço final os resultados foram bons. A parceria com a RBS + Rede Atlântida foi acima do esperado. Mais uma do nosso presidente do CJE/FIESP, Ronaldo Koloszuk. Ele articulou o IEE - Instituto de Estudos Empresariais, presidido pelo jovem Paulo Uebel. Por onde passamos pelo Brasil a galera do CJE articula alguma ação. Como diz o Marcellão Red Bull: "Essa é a vibe!!!!!!!"



Escrito por Junior às 15h02
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  26/11/2006 a 02/12/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  27/08/2006 a 02/09/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  18/12/2005 a 24/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  03/07/2005 a 09/07/2005
  26/06/2005 a 02/07/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  03/04/2005 a 09/04/2005
  27/03/2005 a 02/04/2005
  20/03/2005 a 26/03/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  20/02/2005 a 26/02/2005
  13/02/2005 a 19/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  30/01/2005 a 05/02/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005


Outros sites
  Grupo Cultural Afro Reggae (GCAR)
Votação
  Dê uma nota para meu blog